Home   >   Produtos
Conheça nossos produtos.

 
 
INSERTO CÔNCAVO
INSERTO DO CÔNCAVO JOHN DEERE
 
 
 
PISO DO SILO PERFURADO
PISO PARA SILO PERFURADO – FABRICADO EM CHAPA GALVANIZADA N.° 16 FUROS 2,4 mm Ø – ÁREA ABERTA 22 %
 
 
 
TORPEDO PLATAFORMA NEW ROLAND
TORPEDO PARA PLATAFORMA DE MILHO NEW HOLAND – ESQUERDO / DIREITO
 
 
 
DEDO LEVANTADOR FEIJÃO
DEDO LEVANTADOR DE FEIJÃO PARA PLATAFORMAS DAS COLHEITADEIRAS CASE
 
 
 
DEDO LEVANTADOR FEIJÃO
DEDO LEVANTADOR DE FEIJÃO PARA PLATAFORMAS DAS COLHEITADEIRA JOHN DERRE
 
 
 
ESFERAS DE BORRACHA 32 MM
ESFERAS DE BORRACHA UTILIZADAS NOS QUADROS DAS PENEIRAS DE MÁQUINAS DE PRÉ LIMPEZA E CLASSIFICAÇÃO DE GRÃOS
 
 
 
TAMPA DO ELEVADOR RETRILHA
TAMPA DO ELEVADOR DA RETRILHA DAS COLHEITADEIRAS CASE, PERFURADA PARA RETIRADA DA TERRA E DETRITOS DO MEIO DO PRODUTO, FAZ PARTE DO KIT PARA COLHEITA DE FEIJÃO
 
 
 
TAMPA DO ELEVADOR DO GRÃO LIMPO
TAMPA DO ELEVADOR DO GRÃO LIMPOS DAS COLHEITADEIRAS CASE, PERFURADA PARA RETIRADA DA TERRA E DETRITOS DO MEIO DO PRODUTO. FAZ PARTE DO KIT PARA COLHEITA DE FEIJÃO
 
 
 
VAZADEIRA PARA DESCASCADOR DE CAFÉ
VAZADEIRA PARA DESCACADORES DE CAFÉ. FABRICAMOS PARA TODOS OS PADRÕES DE MÁQUINAS.
 
 
 
CHAPA PERFURADA FURO OBLONGO
CHAPAS PERFURADAS FUROS OBLONGOS, FABRICADAS EM DIVERSAS MEDIDAS CONFORME A NECESSIDADE DO CLIENTE
 
 
 
CHAPA PERFURADA FURO REDONDO
CHAPAS PERFURADAS FUROS REDONDOS, FABRICADAS EM DIVERSAS MEDIDAS CONFORME A NECESSIDADE DO CLIENTE
 
 
 
CALHA PERFURADA DA ROSCA DO GRÃO LIMPO
CALHA PERFURADA DA ROSCA DO GRÃO LIMPO, UTILIZADA PARA RETIRADA DE COM RETIFICA , GARANTINDO BALANCEAMENTO DA PEÇAS. TRATADOS TÉRMICAMENTE ATINGEM DUREZA ESPECIFICA QUE LHES PROPORCIONA UMA EXCELENTE DURABILIDADE.
 
 
 
MARTELOS E PINO PARA MOINHO
MARTELOS E PINOS PARA MOINHO, FABRICADOS EM AÇOS SELECIONADOS E COM RETIFICA, GARANTINDO BALANCEAMENTO DA PEÇAS. TRATADOS TÉRMICAMENTE ATINGEM DUREZA ESPECIFICA QUE LHES PROPORCIONA UMA EXCELENTE DURABILIDADE.
 
 
 
CLASSIFICADOR MANUAL
CLASSIFICADOR MANUAL PARA CEREAIS. FABRICADO EM CHAPA GALVANIZADA E QUADRO DE MADEIRA. DOIS PADRÕES DE MEDIDAS 300 X 200 mm E 400 X 300 mm. UTILIZADOS NAS UNIDADES DE RECEBIMENTO DE GRÃOS E LABORATÓRIO DE ANÁLISE.
 
 
 
QUADRO DE MADEIRA
QUADRO DE MADEIRA UTILIZADOS EM MÁQUINAS DE PRE LIMPEZA E CLASSIFICAÇÃO DE CEREAIS.
 
 
 
GRADE COLHEITADEIRA CASE
GRADE COLHEITADEIRA CASE
 
 
 
CONCAVO
CONCAVO DAS COLHEITADEIRAS CASE E JOHN DEERE. FABRICAMOS PARA TRIGO, SOJA , MILHO E FEIJÃO.
 
 
 
CHAPA PLATAFORMA CASE
CHAPA DA PLATAFORMA CASE PERFURADA , ELIMINA DETRITOS E TERRA JÁ NA ENTRADA DO PRODUTO. FAZ PARTE DO KIT PARA COLHEITA DE FEIJÃO. FABRICAMOS TAMBÉM LISA E PARA PLATAFORMAS JOHN DEERE
 
 
 
PISO DO ALIMENTADOR PERFURADO
PISO DO ALIMENTADOR PERFURADA, ELIMINA DETRITOS E TERRA DO MEIO DO PRODUTO. FAZ PARTE DO KIT PARA COLHEITA DE FEIJÃO.
 
     

TIPOS DE FUROS:
FUROS REDONDOS
Disposição alternada:
É a mais recomendada para processos industriais, em função de poder obter-se um melhor aproveitamento da superfície a ser perfurada. Sua utilização é freqüente em situações onde a vazão deve ser grande, tais como: peneiramentos, filtragens, ventilações, etc.



Disposição alternada longitudinal:
Denomina-se disposição alternada longitudinal, quando a linha de furos é paralela ao comprimento da chapa.



Disposição alternada transversal:
Denomina-se disposição alternada transversal quando a linha de furos é paralela à largura da chapa.
Disposição reta:
Nesse tipo de perfuração, a área aberta obtida sempre é menor em relação à disposição alternada, por isso sua utilização é pouco recomendada em processos industriais. Sendo, no entanto, largamente utilizada em situações onde a estética e o perfeito acabamento das margens se fazem necessários.

Disposição reta ou quadrada:
Denomina-se disposição reta quando a ligação das linhas de centros entre os quatro furos próximos formam o quadrado.
Disposições especiais:
São possíveis em situações onde determinadas perfurações não atinjam áreas abertas em porcentagens ideais, ou em situações em que a estética seja exigida. Pode-se, portanto, executar perfurações com disposições diferentes das acima apresentadas, desde que a distancia dos furos seja constante.

  

FUROS OBLONGOS
Furos Oblongos:
Nos furos oblongos a colocação / disposição mais comum é a alterada pela lateral longitudinal. Aconselhamos indicar a distância entre furos por ser mais prática sua medição.
Sentido Longitudinal: Denomina-se sentido longitudinal quando a maior dimensão do furo é paralela a maior dimensão da chapa a ser perfurada.


Sentido Transversal:
Denomina-se sentido transversal quando a menor dimensão do furo é paralela a menor dimensão da chapa a ser perfurada.